quarta-feira, 15 de julho de 2009

Frutos da Lei 100 em Minas


Segundo a LDB (Lei de Diretrizes e Bases) os docentes que estão em sala de aula hoje deveriam ter nível superior em licenciatura. Porém o governador de Minas Gerias, senhor Aécio Neves resolveu por critérios escusos, estabilizar por período indefinido sem concurso diversos professores para estarem atuando no ensino fundamenta e médio. Essa medida arbitraria, veio colocar em sala de aula pessoas inabilitados para o comprimento das tarefas estabelecidas por um professora. Tais “profissionais” possuem apenas a antiga licenciatura curta, ou seja, não terminaram sua graduação e estão ocupando cargos que seriam de pessoas qualificadas.Outro grande problema que vem afetando a educação publica em Minas Gerias com essa medida é o deslocamento de professores para disciplinas nada relacionadas aos seus conteúdos. Vejo professores de história lecionando geografia, professores português lecionado inglês e isso sem se quer terem concluído uma graduação.Além desse fator citado acima, a educação em Minas Gerais tem sofrido com o nepotismo nas escolas particulares, principalmente e cursos livres (cursinhos preparatórios), onde advogados lecionam português, literatura, história e geografia. Engenheiros ministram aulas de matemática, estatística, cálculo, física, química e geometria. Não duvido que tais profissionais possam até saber o conteúdo, resta saber se estão preparados para lidar com pessoas. Se tiveram aulas didática, de psicologia, deontologia do magistério se sabem lidar com alunos hiperativos, ou com dislexos ou mesmo aquele aluno desatento, que necessita de uma atenção especial.Como educadora levanto meu manifesto contra sucatização na educação de Minas Gerais e em prol dos profissionais capacitados que hoje estão afastados da sala de aula por não terem apadrinhamento ou não terem sido agraciados pela medida implantada pelo senhor governador Aécio Neves.

4 comentários:

  1. Olá júlia... tudo bem ?
    Pode até parecer uma pergunta idiota...
    Mas poderia me explicar o que seria a LEi 100!!!
    não ache muita coisa pela a net não !!! Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  2. Li seu texto e achei correto. Acho que o sindicato se calou e que os designados deveriam se juntar e cobrar do MP público uma ADI no stf que está parada.

    ResponderExcluir
  3. O que podemos fazer para fazer valer nossos direitos, e derrubar a lei 100 que é inconstitucional, pois o servidor pora se tornar efetivo deve ser aprovado em concurso público?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito fácil efetivar-se sem concurso público...alegria de muitos,hem....graças à Lei 100...rsrsrsrsr

      Excluir